quarta-feira, 1 de junho de 2016

Tag: A minha estante intimidante!

Adoro videos de booktubers e hoje vi esta tag e pensei em fazê-la aqui.
Livros é algo muito presente na minha vida e adoro falar sobre eles então aqui vai esta TAG:

1 - Que livro ainda não conseguiste acabar?
"Túneis - O Segredo da Cidade Eterna" de Roderick Gordon & Brian Williams.
Comparado muita vez com Harry Potter, este livro fala de um rapaz que começa a descobrir segredos do pai, segredos esses que incluem uma cidade subterrânea secreta.
Amo este livro, a historia, tudo. Mas há um capitulo que é sempre onde paro e nunca consigo continuar porque para mim a historia tem sentido acabar ali e não continuar. 
Manias minhas que vou tentar ultrapassar e acabar o livro. 



2 - Um livro que ainda não li porque ainda não tive tempo?
"A Rapariga Dinamarquesa" de David Ebershoff.
Comprei-o muito perto de o filme sair nos cinemas, com o objetivo de o ler e depois ir ao cinema e comparar o livro com o filme, para não falar que o tema tratado neste livro era algo que me despertava imenso interesse porque na altura conheci uma rapariga e um rapaz que estavam a lutar pela transsexualidade.
Entretanto o interesse foi diminuindo porque foi em altura de testes e depois comprei mais livros e fui deixando este para "quando tivesse tempo". Resultado: ainda não o li.



3- Um livro que ainda não li porque é uma sequela?

"Henderson's Boys - Lobos Cizentos" de Robert Muchamore
Quem me conhece sabe que a minha série preferida é Cherub de Robert Muchamore, e a minha irmã sabendo isto ofereceu-me um livro de uma nova série de Robert, mas este livro é o 4, ou seja, não o posso ler sem antes ler os 3 anteriores, então por agora fica abandonado na minha estante à espera de mais 3 prendas da minha irmã ahah




4 - Um livro que ainda não li e é novinho em folha?
"Stalker" de Lars Kepler
Sou fanática por thrillers e este é mais um para a coleção e que é bastante novinho: a primeira edição é de Março de 2016. Com 575 páginas, este livro fala de um assassino em série que antes de atacar as suas vitimas, sempre mulheres, filmáva-as na sua intimidade e depois colocava os videos no youtube. 
Não posso falar grande coisa porque ainda não o li, mas quando ler prometo dizer algo.





5 - Um livro que ainda não li porque li um livro do(a) mesmo(a) autor(a) e não gostei?
"Confia em Mim" de Jeff Abbott.
De Jeff Abbott li o "Medo" e apesar de ser o meu estilo de livros não gostei nada da maneira como Jeff Abbott elaborou o tema por isso estou receosa de ler este livro. Admito-o que comprei mais pela capa e pela sinopse que fala de um homem chamado Luke, que quando era adolescente perdeu os pais e começou a pesquisar e a vigiar grupos extremistas na Internet e um dia é raptado e não sabe porque. Aparentemente alguém sabe segredos dos pais dele. 
Estou curiosa mas receosa.


6 - Um livro que ainda não li porque simplesmente não estou a sentir motivação?
"Do Outro Lado do Mar" de João Pedro Marques.
Ofereci este livro ao meu avô quando ele ainda estava no hospital e agora sou eu que o tenho. 
Este livro fala de amores impossíveis e odeio no tempo da escravatura entre o Brasil e África.
Tenho um pouco de amor-ódio por estes livros de romance histórico porque são raros os livros que adoro desta categoria e tenho medo que este livro seja mais um daqueles secante então ainda não ganhei coragem e motivação para o ler.


7 - Um livro que ainda não li porque é gigante?
"A Princesa do Mondego" de Eurico Machado Costa.
Este livro tem 472 páginas. Não é muito para um livro mas como a letra é pequena eu considero um dos maiores que tenho. 
Ainda não o li, mas quando o comprei o vendedor, que me o recomendou, disse que falava da vida universitária de Coimbra no século XIX.




8- Um livro que ainda não li porque comprei pela capa e afinal tem imensas opiniões negativas?

"O Caderno de Maya" de Isabel Allende.
Este livro fala de uma rapariga um pouco incomum de dezanove anos. Não é como as raparigas normais, que tem um sonho, um objetivo de vida, namorados, etc.
Ela apenas quer aproveitar a vida à maneira dela, com o estilo dela, apesar de ser muitas vezes criticada pelo mesmo.
Deixa a sua terra natal e vai para o Chile (se não me engano) e nessa viagem acompanhamos o crescimento psicológico e as aventuras de Maya enquanto lemos.
Identifiquei-me imenso com a personagem, então quando comprei este livro estava sempre agarrado a ele. Quando o comprei, comprei só pela capa porque achei linda, achei que a rapariga ilustrada teria mais segredos do que a imagem transmitia e que o estilo dela teria alguma coisa a ver comigo. Acertei, mas enquanto andava com o livro atrás de mim ouvi muitas opiniões negativas, em especial pela capa e muita gente me dizia "Que capa feia. Isso é sobre o que? Uma miúda drogada?".
Se gostam de livros sobre viagens e que não gostem do habitual de "Ela encontrou-o e foi amor à primeira vista" vão amar este livro.



9- O livro que pensaste que não irias gostar mas acabaste rendida?
Aqui não irei falar de um livro em particular mas sim de uma série:"Caçadores de Sombras" de Cassandra Clare.
Nunca fui fã de fantasia, sempre achei que feiticeiros, vampiros e demónios era uma seca. Até que comecei a ler esta série e agora estou rendida, sem duvida das melhores que alguma vez li e claro que recomendo!




10- Qual o livro mais intimidante da tua estante?

"Fúria Divina" de José Rodrigues dos Santos.
Apesar de este livro ter 583 páginas e ser o maior da minha estante, não é o tamanho que faz dele o "livro mais intimidante" da minha estante.
Para mim o que o torna intimidante é o tema, que apesar de ser dos temas que tenho apreciado bastante ultimamente, é descrito de uma forma muito pesada, ao ponto de haver até o desenho de como construir uma bomba nuclear caseira ou frases retiradas do alcorão.
Tem a sua parte de mais ação que é quando o historiador tenta decifrar uma mensagem secreta da Al-Qaeda. Mas capitulo sim, capitulo não, aparece a historia de uma rapazinho chamado Ahmed que nos leva à dura cultura dos islamistas.
Este é dos meus livros preferidos sem dúvida mas é preciso ter muita coragem para o ler, é um tema muito forte mas que pessoalmente adorava que toda a gente lê-se para também entendermos uma cultura totalmente diferente e uma educação totalmente diferente da nossa, e assim percebermos melhor os objetivos que para nós por vezes é de loucos o que eles fazem.



E é isso, beijinhos <3

Sem comentários:

Enviar um comentário